CEO em mídias sociais diz o motivo da queda de seguidores no Instagram

Fabiano de Abreu explica queda de seguidores no Instagram de fã clubes e celebridades
Foto: Divulgação / MF Press GlobalRedes Sociais
Redes Sociais

O Instagram está passando por uma grande reformulação, com uma nova lei de utilização e mudanças significativas no seu algoritmo. A popularidade desta rede social já ultrapassa em muito a do próprio Facebook, que é seu proprietário, e com esta reformulação, diversas contas foram retiradas da plataforma, consideradas como falsas, o que atingiu em cheio pessoas famosas e fã clubes, causando uma redução considerável no número de seguidores. 

O CEO da MF Press Global, especialista em mídias sociais, Fabiano de Abreu, falou sobre o tema: “sou a favor de derrubar contas falsas. As empresas que contratam os chamados influenciadores digitais, tem um enorme trabalho de filtrar as contas e seguidores para saber se vale o investimento feito. Então é importante que sejam apenas contas de pessoas reais. No entanto, sou contra eliminar contas como de fã clube, que tem seguidores reais e quem a criou investiu tempo nisso. Há quem ganha dinheiro com isso. Em um país em crise, não vejo mal nenhum nas pessoas tentarem lucrar com a rede social. Claro, sem enganar ninguém."

Sobre a questão da proporção que o Instagram tomou, assim como outras redes sociais, tornando-se meio de trabalho, Fabiano é enfático: “há muitos perfis fakes porque há muitas pessoas comprando seguidores e curtidas falsas para conseguir um maior número e visibilidade, e assim conseguir trabalhos mais relevantes com parcerias e patrocínios. Vale lembrar que o Instagram é mais que uma rede social hoje em dia, é a ferramenta de trabalho de muita gente. Pessoas vivem dos lucros obtidos através da visibilidade dessa rede social. As pessoas estão a mercê disso, e viram reféns do aplicativo. As pessoas vão para aonde a moda aponta, e tornam-se dependentes daquilo”. 

Foram relatadas pelos usuários e até mesmo por famosos exclusões de contas reais, que simplesmente foram excluídas da plataforma, sem qualquer previsão de retorno ou aviso prévio. Como se não bastasse, os perfis ficam presos no sistema da empresa e os donos não podem criar outros com o mesmo nome do que foi deletado. Alguns fã-clubes denunciaram a ação da empresa, buscando providências e respostas concretas. Procurado, o Instagram não se manifestou sobre o caso.

Gostou? Compartilhe!