Tathiane Deândhela aponta como ter novas perspectivas de vida

De vez em quando, é preciso parar e analisar o caminho que sua vida anda tomando
Foto: Reprodução / MF Press Global.
.

De vez em quando, é preciso parar e analisar o caminho que sua vida anda tomando, refletir sobre as escolhas feitas e os rumos desejados para os próximos anos. É neste ponto crucial em que vêm a tona as expectativas e perspectivas de vida e futuro.

A especialista em alta performance e mentora Tathiane Deândhela aponta algumas das principais perspectivas de vida que as pessoas costumam ter: “muitos querem ter uma vida mais plena em sua velhice, desfrutar do trabalho acumulado durante toda uma vida de sacrifícios. Outros querem viver um dia de cada vez, sem se preocupar tanto com o futuro. Mas o que esperar como resultado de cada uma destas posturas? Perspectivas diferentes podem mudar a sua forma de encarar a vida, seus desafios e a si mesmo. Por isso, é preciso alinhar as suas perspectivas aos seus objetivos para alcançar a plenitude em tudo, não apenas no âmbito profissional”.

Reprodução / MF Press Global

Tathiane mostra que a depender de nossas perspectivas e escolhas os resultados podem ser muito diferentes: “a escolha é sua, e elas têm a ver com as nossas perspectivas de vida. Se você deseja trabalhar loucamente inclusive durante fins de semana, sem ter tempo para família, amigos e lazer, ou trabalhar de forma inteligente, com foco na produtividade, realizar bons investimentos e fazer o tempo e o dinheiro trabalharem para você, conseguindo assim tempo para passar com a sua família e amigos e até mesmo para viagens, que são como mini aposentadorias, onde podemos desfrutar de dias sem pensar no trabalho. Quanto ao futuro, depender apenas da Previdência Social, do INSS, não me parece ser uma escolha sensata. É possível investir em planos de previdência privados, complementares ou até suplementares ao INSS, aplicar com sabedoria o tempo e o dinheiro, chegando ao fim da vida com liberdade de escolher o que quer fazer e com uma boa quantia de dinheiro”.

Gostou? Compartilhe!